Feitiço – Saga Encantadas

Contêm Spoilers do Livro 01 da saga

Saga: Encantadas

Autoria: Sarah Pinborough

Para os fãs da famosa gata borralheira… sinto muito.

A minha opinião sobre a saga é intrigante, às vezes eu gosto empolgadamente, mas às vezes tenho preguiça.

O segundo livro é uma continuação, lógico, do livro Veneno, mas isso não fica evidente logo no início, parece que uma nova história começa e isso é bom, já que podemos contar com algumas surpresinhas.

Depois que o príncipe doentio envenenou novamente a Branca de Neve, Cinderela, que não é lá tão inteligente, mas muito audaciosa com os seus desejos, acaba caindo de pára-quedas no meio do castelo sem saber de nada.

A forma como ela foi parar lá é exatamente a mesma, tinha uma fada-madrinha, uma carruagem, um vestido lindo e um par de sapatinhos de cristal. Mas, após chegar lá, apesar de os sapatos serem encantados, Cinderela precisaria conquistar o príncipe de verdade e… quase que conto.

Há personagens mais atraentes que a princesinha e na minha opinião Buttons é um deles. O ladrãozinho é o melhor amigo de Cinderela e rouba dos mais ricos para dar aos mais pobres, salvando a ela e a família de muitos invernos rigorosos, levando carvão e comida. Mas ao longo da história ele acaba sofrendo as conseqüências disso e mesmo estando Cinderela no castelo, nada consegue fazer para defender seu grande e prazeroso amigo. Ela fica desesperada sem saber que poderia contar com uma ajudinha, um outro amigo, que mesmo tendo surgido depois, sempre fará de tudo pela linda gata borralheira.

Rose, uma das meias-irmãs de Cinderela, também rouba a cena em muitas partes. Ela é o mais próximo de real e humano que um personagem conseguiu chegar nessa saga. Rose é inteligente, madura, mas demonstra seus sentimentos, tem crises existenciais e mesmo ferida, interna e externamente, consegue dar atenção à sua irmã caçula, a coitadinha da Cinderela a quem ela tanto ama. Rose deveria ser a princesa. Claro que aquela velha história de Cinderela ser maltratada pela madrasta e as irmãs postiças também surge, afinal, mesmo que elas não desdenhem totalmente Cinderela, elas são as filhas legítimas da madrasta.

Cabe a Cinderela descobrir o que o príncipe guarda no castelo, o seu maior segredo, e ela precisou amadurecer consideravelmente para conseguir o que pretendia, com ajuda de Rose é claro.

“As pessoas boas não se dão muito bem quando todos estão brigando pelo poder. Todo mundo usa uns aos outros para chegar a uma posição com acesso direto ao rei ou ao príncipe. É um lugar cheio de lobos disfarçados”. (p.32)

Eu gostei mais do segundo livro do que do primeiro, apesar de ter ficado com a boca aberta uns três minutos após ler as últimas linhas. Eu não tinha lido nada sobre e não esperava aquele final.

Aos que já leram, aguardo os comentários com as opiniões e os que ainda não leram e amam conto de fadas que poooodem dar errados… rsrs fica essa ótima dica.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s