A Seleção

Se eu pudesse pelo menos me sentar e costurar sua roupa… Era isso que eu queria. Não queria ser a princesa de Illéa. Queria ser a princesa de Aspen. P22

É isso. Qualquer garota sonharia com uma vida confortável e luxuosa para ela e sua família e ainda a coroa de princesa do seu país. Qualquer uma menos America.

Apaixonada perdidamente por Aspen, casta 6, América, casta 05, passava por dificuldades financeiras e a diferença de classe entre ela e seu grande amor tornava o romance impossível.

Esta questão de divisão de castas me causou certo desconforto no começo. Era preciso entender que não só America mas todos os personagens vinham com esse “codinome”. Ao se casar com alguém de casta inferior, a mulher passaria a pertencer à casta do marido, isso significaria que as dificuldades aumentariam e seus pais jamais iriam permitir. Tinha ainda toda a questão da documentação para mudança de casta que precisariam ser pagos e nem ela nem Aspen teriam esse dinheiro (muito menos Aspen).

Numa roda gigante amorosa, America e Aspen passaram dois anos namorando escondidos até que uma inesperada carta chega à cada da mocinha convidando-a para “A Seleção”, uma espécie de reality-show onde seria escolhida a nova princesa de Iléa. America não queria ir, mas um surto em Aspen o fez fazê-la prometer que iria se inscrever e em seguida ele, sem motivos que pudessem ser premeditados, resolveu terminar o relacionamento.

Mas como é que tinha ido parar ali? Um mês antes, eu tinha uma porção de certezas na minha vida. Agora, o pouco que eu conhecia tinha ficado para trás. Casa nova, casta nova, vida nova. P90

 America foi aceita, entrou no palácio com mais 35 garotas e…. Vai ter que ler o livro.

O que posso adiantar é que, diferente dos príncipes da vez, Maxon é, vamos dizer, um príncipe (rsrs). Ele faz o tipo perfeito sim e na minha opinião, neste primeiro livro, é melhor que Aspen.

Ele suspirou fundo e passou a mão no cabelo algumas vezes, apoiado no parapeito. Sem que eu esperasse, um calor me subiu pelo corpo. Ele queria que seu primeiro beijo fosse comigo. P276

O livro é narrado em primeira pessoa e traz uma série de detalhes, mas nada tão desnecessário nem exagerado…

 Então ele tinha sido escolhido, afinal. E entre todos os lugares para onde poderia ir…

Maxon interrompeu meus pensamentos:

– America, você conhece este jovem?

Anúncios

4 comentários sobre “A Seleção

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s