Veneno – Saga Encantadas

Saga Encantadas – Livro 01

Autora: Sarah Pinborough

 Os contos de fadas me fascinam, desde sempre, e cada vez mais vem ganhando espaço na literatura. Os contos da Disney já eram, a moda agora é unir a modernidade com importantes pontos dos primeiros contos que surgiram, à centenas de anos atrás, e que apresentaram para a sociedade a verdade por trás das princesas.

Longe de ser uma princesa burra (como todo mundo já espera), Branca de Neve também não é uma guerreira (como em Once Upon a Time – embora na série tenha um jeitinho sem graça), mas ama cavalgar, veste calças e é amiga dos sete anões.

A série é dividida em histórias diferentes mas acaba unindo uma a outra no meio do caminho. No livro 01, em especial, a história em destaque é a de Branca de Neve, cujo pai casa-se com uma bruxa (bisneta da bruxa que come criancinhas em João e Maria), sem muita moral em seu reino. O rei vai para a guerra e a rainha encontra a oportunidade de por nas rédeas a enteada que mais parece um homem de tão sem jeito.

A história me fez pesquisar sobre o conto dos Irmãos Grimm, que pelo que parece foi uma adaptação de uma antiga lenda alemã, e comparar pontos que surgem quase idênticos.

A rainha má é obcecada por Branca de Neve e o motivo disso nunca havia ficado claro pra mim (mas não posso dar muitos detalhes), o que se sabe, é que todo esse ódio não tem nada haver com beleza.

Assim como no conto dos Grimm, a rainha tenta primeiro matar Branca de Deve apertando seu espartilho até ela ficar sem ar. As versões da história são diferentes, mas o método utilizado é igual.

Depois, mesmo que em Veneno dê a entender que tenha sido sem querer (culpa do Aladim que surge na história), Branca de Neve quase é morta pelo veneno de um pente, que no livro acaba matando sua criada e no conto, o encanto sai quando o pente é retirado dos cabeços da própria princesa.

Por último e tradicionalmente, a rainha envenena Branca de Neve com a maçã, mas assim como no conto dos irmãos Grimm, a princesa acaba cuspindo a fruta e liberta do feitiço (não ache que estou contando toda a história, em Veneno, surge muito mais que isso).

Sobre o príncipe encantado, vou esperar a opinião de vocês nos comentários.

Com um ar erótico e trazendo cenas de puro amor carnal, Veneno mostra o contrário de uma Branca de Neve pura e cheia de modos.

Outro ponto que deve ser prestado atenção (se você ainda não leu), é o caçador, que pra mim, por enquanto, é o “príncipe” ideal (mas eu já li o segundo livro então não vale).

Espero que vocês aproveitem a leitura tanto quanto eu. Se trata de uma leitura prazerosa e fácil, os devoradores de livros terminariam em questão de dois dias ou até menos.

Anúncios

Um comentário sobre “Veneno – Saga Encantadas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s